Azeite de Oliva Espanhol Azeite de oliva espanhol

Azeite sua vida!

Voltar para a home

Não abuse do sal. Azeite de oliva espanhol com ervas é uma boa opção

O melhor é acostumar-se, desde cedo, a preparar refeições com menos sal. Crianças que comem preparações com temperos mais leves, ou seja, menos sal têm menos risco de desenvolver doenças cardiovasculares.

Diminuir a quantidade de sal depois de adulto é mais difícil nem sempre é possível fazer tal mudança sem estresse. Antes de mais nada é preciso compreender que menos sal não é sinônimo de comida sem gosto. Para isto, as ervas são excelentes aliadas, pois são aromáticas e saborosas. Imagine quando misturada ao azeite de oliva espanhol.

O uso das ervas começou há muito tempo. Bem antes do homem dominar o fogo ele comia carne crua com ervas. Com certeza, elas melhoravam o sabor da carne e preveniam as moléstias gástricas causadas pela comida. Mesmo depois de conhecer o fogo e começar a cozinhar a comida, o homem não abandonou as ervas e, até hoje, elas exercem um fascínio ímpar. Uma mesma preparação pode ter inúmeros sabores, basta variar as ervas adicionadas.

O uso das ervas

Erva Sabor característico Combina com
Alecrim Picante, aromático e oleoso Carnes (porco, frango e carneiro), pães, mandioca e batata.
Azedinha Aromático e ácida Peixes, saladas, legumes e o famoso arroz-de-cuxá.
Cebolinha verde . Suave Saladas, sopas, cremes, purês, carnes ensopadas, creme de milho e peixes
Coentro Forte e muito aromático . Peixes, frutos do mar, comida asiática e do Oriente Médio e pratos elaborados com iogurte
Endro ou dill Delicado Salmão, peixe defumados, batata, batata-doce, elaborações à base de creme de leite e saladas.
Estragão Aromático e refrescante Molhos cremosos à base de leite, ovos, tomate e frango.
Hortelã Forte e doce Sopas frias, carne de porco e carneiro, saladas, pepino, elaborações à base de trigo e sopas frias.
Manjericão Adocicado, suave, aromático e levemente apimentado. Sopas quentes à base de tomate, molho de tomate, massa, pesto, frutos do mar, peixes e saladas de folhas verdes.
Orégano Doce, aromático e levemente picante. Bifes, carnes grelhadas, molho de tomate e saladas.
Salsinha Fresca, suave Carnes, risotos, legumes refogados, ovos e sopas.
Sálvia Aromática e levemente amarga Carnes (coelho, caça, peru, vitela e porco), ricota, massas, arroz, milho e trigo.
Tomilho Intensamente aromático Carnes assadas de todos os tipos.

Um estudo realizado, em restaurantes industriais, das cidades de São Paulo e de Goiânia mostrou que, em média, consome-se 10 g de sal só no almoço, enquanto que a recomendação é no máximo 5 g a 6 g diários. O objetivo do Ministério da Saúde é baixar o consumo para 5 g.

Há três maneiras de diminuir o consumo de sal:

  1. Usando o sal hipossódico, que não altera o sabor dos alimentos e tem 50% menos sódio em relação ao do sal normal, que na realidade é a substância que traz danos ao organismo. Essa troca ainda tem outro benefício: o sal hipossódico contém mais potássio , ajudando a controlar a pressão arterial, mas deve ser usado sob orientação médica pois ele é contraindicado para algumas pessoas, como as com problemas renais.
  2. Preparar a comida sem o sal e cada pessoa coloca a sua porção no prato. Esta maneira faz o alimento absorver menos sal, assim uma pequena quantidade dá a impressão de já ter temperado
  3. Corte pela metade a quantidade de sal que você está acostumado a usar e inclua muita erva. Dessa maneira você nem sente a diferença e sua comida ganha mais sabor e aroma.

Controlar a quantidade de sal

Para controlar a quantidade de sal consumida, procure saber quanto tempo dura um pacote de 1 quilo do produto em sua casa. Divida pelo número preparações feitas em um mês e o número de pessoas da casa. Só para ter uma idéia um quilo de sal é suficiente para uma família de quatro pessoas para cinqüenta dias.

Temperando com ervas e Azeite de Oliva Espanhol

Aprendendo a usar diferentes ervas com azeite de oliva você vai notar no mesmo momento como as preparações ficarão mais aromáticas e suaves. Usando esta mistura, naturalmentediminui a quantidade de sal. E o melhor:sem sentir falta.

Experimente logo de início mudando seu arroz. Hoje mesmo, use a metade do sal e substitua por azeite de oliva espanhol, salsinha e hortelã.

Arroz com azeite de oliva espanhol e ervas

Com as ervas você ainda ganha: vitamina A, ferro, cálcio e fibras.

 

Azeite de Oliva Espanhol

Unión Europea - Fondo Europeo de Desarrollo Regional - Una Manera de Hacer Europa

ICEX

Space Produções