Azeite de Oliva Espanhol Azeite de oliva espanhol

Azeite sua vida!

Voltar para a home

Azeite de oliva na alimentação infantil

A nutrição é, entre outras coisas, a ciência da moderação e do equilíbrio. Nenhum dos nutrientes de uma dieta é necessariamente bom ou mau. Como diziam os antigos, a diferença entre o veneno e o remédio é a dose. Assim também acontece na nutrição. O que torna um nutriente pouco saudável é o seu excesso ou mesmo sua falta. Dentro dessa linha, podemos afirmar que qualquer dieta com excesso de proteínas, gorduras ou carboidratos poderá - de uma forma ou outra - causar danos à saúde. Com o propósito de contribuir para o alcance de uma alimentação equilibrada, a organização mundial de Saúde preconiza que das calorias totais de uma dieta, 55-75% devem vir de carboidratos, 10-15% de proteínas e 15-30% de gorduras.

Na proporção correta, as gorduras são essenciais na alimentação infantil. Ótimas fontes de energia, elas fornecem nove calorias por grama contra quatro calorias por grama das proteínas e carboidratos. Esse nutriente é indispensável no processo de crescimento das crianças.Também são fontes de vitaminas liposolúveis - A, D, E e K. Além disso, alguns tipos de gordura participam ativamente da formação do sistema nervoso, cuja maturação termina após o nascimento do bebê.

Mas para obter todos os seus benefícios, é preciso entender a sua composição. Em primeiro lugar saiba que gordura não é uma substância, e sim a mistura de várias, entre as quais destacam-se os chamados ácidos graxos. Eles se dividem em três tipos: os saturados, os poliinsaturados e os monoinsaturados.O predomínio de uma delas determina as propriedades da gordura. Por exemplo, os ácidos graxos saturados - encontrados nos alimentos de origem animal - oxidam-se com facilidade e são agentes de diversas doenças.

Os monoinsaturados são muito mais estáveis e protegem o organismo de várias doenças. Já as gorduras poliinsaturadas têm uma estabilidade e um grau de proteção intermediário. Veja no quadro 7 os alimentos que têm a maior proporção de cada tipo de ácido graxo.

Azeite de oliva, gordura monoinsaturada por excelência

O azeite de oliva é um óleo vegetal extraído da azeitona, caracterizado por uma fragrância e sabor delicado. É o único óleo vegetal que não precisa de tratamento químico de refino para ser consumido. Sendo, portanto, absolutamente natural. Entre todos os tipos de óleos, o azeite de oliva é o que apresenta maior proporção da gordura monoinsaturada (representada pelo ácido oléico) e por isso aquele que tem o papel protetor mais relevante.

Diversas pesquisas têm apontado que nas regiões onde o azeite de oliva é a maior fonte de gordura, a população morre menos de doenças cardiovasculares. Por isso, quando consumida habitualmente , na proporção correta e o mais cedo possível, contribui - e muito - para a qualidade de vida.

Veja a seguir quais os benefícios que o azeite de oliva traz para à saúde:

  1. Reduz as taxas do colesterol no sangue e mantém essas taxas normais.
  2. Diminui as LDL uma fração do colesterol denominada de lipoproteínas de baixa densidade ou mau colesterol .
  3. Aumenta as HDL lipoproteínas de alta densidade ou bom colesterol .
  4. Leva a menor oxidação das LDL, que representa um dos maiores risco para o aparecimento da ateriosclerose.
  5. Protege o estômago de substâncias danosas.
  6. Melhora a digestão e a absorção das gorduras e da vitaminas A, D, E e K.
  7. Ajuda no controle da pressão arterial.
  8. Reduz o risco da incidência da artrite reumatóide.

Diante dessas constatações, motivos é que não faltam para acreditar que o azeite de oliva é a melhor das fontes de gordura da alimentação. As pessoas que o consomem de forma regular tem chances maiores de viver mais e com mais saúde.

Embora ele deva ser incluído no preparo regular das refeições, é importante saber que para obter todos os seus benefícios é preciso consumí-lo com moderação. O primeiro passo é usá-lo na dieta infantil: nas papas salgadas, sopas, bolos, biscoitos e sobremesas. Dessa maneira cria-se um hábito saudável, protejendo a saúde de sua familia e melhorando o sabor de suas preparações culinárias. Essa atitude incluir azeite de oliva na alimentação infantil vem de encontro com às recomendações atuais: para ter uma vida mais saudável é necessário uma dieta adequada desde muito cedo, começando pelo aleitamento materno. Além disso é preciso optar por um estilo de vida mais ativo e socialmente equilibrado.

Tipos de Azeite de Oliva

Ao contrário do que muitos pensam, os azeites de oliva não são todos iguais. Só na Espanha existem 262 tipos de azeitonas. Levando-se em consideração apenas esse fator, há que se imaginar tantos outros tipos de azeites de oliva. Nessa conta deve-se incluir outros elementos como: clima, solo, prática de cultivo, maturação das azeitonas e o tempo de processamento dos frutos, que influenciam diretamente nas características organolépticas do azeite, originando um festival de cores, aromas e sabores diferentes entre si. Entre essa gama, você - com certeza - vai encontrar o que agradará em cheio seu paladar.

Apesar da preferência de um indivíduo por determinado azeite de oliva ser absolutamente pessoal e subjetiva, existem critérios de classificação objetivos, ditados pelo Conselho Oleícola Internacional e que organizam a comercialização e o consumo desse milenar produto.

Classificação do azeite

Azeite de oliva virgemé aquele obtido da azeitona madura por processos físicos em condições térmicas que não produzam alterações no produto. Seu grau de acidez outro critério de qualidade não pode ultrapassar 2 º.

2. Quando o azeite virgem é detentor de excelente sabor e aroma, e adicionalmente, possui um grau de acidez não superior a 1º, passa a ser conhecido por azeite virgem extra. É ,especialmente, indicado para saladas, legumes e pratos frios.

3. Quando o azeite virgem não possui sabor ou aroma adequado para o consumo, ou quando o grau de acidez é superior que 2º, ele passa por um processo industrial chamado refino, que diminui acidez, neutraliza a cor, o aroma e o sabor. Esse azeite refinado não é comercializado nesta condição, mas misturado com um azeite virgem para resultar num produto de acidez intermediária, em torno de 1,5º que é denominado azeite de oliva. Esse azeite é indicado para a culinária, em especial a preparação de carnes, arroz, feijão, molhos e frituras.

Vantagens do Azeite de Oliva Espanhol

Do ponto de vista químico, os azeites de oliva espanhóis apresentam três vantagens bastante interessantes:

1. Tem um teor de ácido linoléico (ácido graxo poliinsaturado) entre 6 e 7%, muito próximo ao do leite materno. Enquanto que aqueles produzidos em outros países, como Itália, Grécia e Tunísia têm taxas entre 13% e 17%. Sabe-se que quando mais alta a concentração de ácidos linoléicos mais provável é a oxidação de sua cadeia, conseqüente perda de qualidade.

2. A concentração de ácido oléico (principal tipo de ácido graxo monoinsaturado) dos azeites de oliva espanhóis está entre 75% e 80%, bem acima dos azeites de outros países cuja média varia de 60% e 70%. Como foi visto anteriormente, o ácido oleíco é o maior responsável pelos efeitos benéficos do azeite de oliva para a saúde.

3. A concentração de antioxidantes naturais do azeite de oliva, sob a forma de tocoferóis (vitamina E) e polifenóis, é maior no azeite elaborado da azeitona picual da região de Andaluzia (Espanha), que não é produzida em nenhum outro lugar do mundo. Esses antioxidantes aumentam a resistência térmica e oxidativa do produto, melhorando sua estabilidade.

Concluindo, os azeites de oliva espanhóis têm, em termos médios, excelentes e variadas características sensoriais, além de uma alta qualidade química. Trocando em miúdos, todos esses benefícios atendem aos anseios da maioria das mães: que é fornecer sempre o melhor para os seus filhos. Confira a seguir cem exemplos práticos e saborosos.

Bom Apetite!

Gorduras
Tipos de gorduras Principais fontes de gorduras
Gorduras saturadas Carnes, leite integral, gema de ovo, fígado, gordura de coco e manteiga
Gorduras monoinsaturadas Azeite de oliva, óleo de abacate e castanha-do-pará

Gorduras poliinsaturadas

Óleo de soja, de milho, de girassol e de canola
 

Azeite de Oliva Espanhol

Unión Europea - Fondo Europeo de Desarrollo Regional - Una Manera de Hacer Europa

ICEX

Space Produções