Azeite de Oliva Espanhol Azeite de oliva espanhol

Azeite sua vida!

Voltar para a home

Por que a dieta grega é tão especial?

A população mediterrânea tem diferentes dietas, religiões e cultura. Já as dietas diferem na quantidade total de gordura, o azeite de oliva, no tipo de carne, no consumo de vinho, presença de leite ou queijo e quantidade de frutas e legumes. As dietas por sua vez estão, estreitamente, relacionadas com a taxa do aparecimento de doenças cardiovasculares, do câncer, com a taxa de mortalidade e expectativa de vida .

Entre os mediterrâneos os gregos são os que mais vivem mais. Um longo estudo sobre a dieta habitual grega mostrou que ela é composta, por maior quantidade de frutas e legumes, noz e cereal. Eles comem mais pão do que massa; mais azeite de oliva e azeitonas; menos leite e mais queijo; mais peixe e menos carne; e uma quantidade moderada de vinho.

A análise da dieta padrão da população de Creta mostrou a presença de substâncias protetoras, como selênio e proporção equilibrada entre os ácidos graxos ômega 6 e ômega 3. E mais: elevada quantidade de fibras, de substâncias antioxidantes (resveratrol obtido do vinho e polifenóis obtido do azeite de oliva) e vitaminas E e C. Tais substâncias estão associadas com menor risco de aparecimento de câncer, principalmente o de mama.

Estes achados servem de suporte para incentivar uma drástica mudança no padrão alimentar, buscando uma vida mais saudável e com maior expectativa de vida . Tal dieta é realmente eficaz não só na prevenção do câncer como também um apóio durante o tratamento.

Referência bibliográfica

Artemis P. Simopoulos. The Mediterranean Diets: What Is So Special about the Diet of Greece? The Scientific Evidence. Journal of Nutrition;131:3065S-3073S; 2001.

 

Azeite de Oliva Espanhol

Unión Europea - Fondo Europeo de Desarrollo Regional - Una Manera de Hacer Europa

ICEX

Space Produções